As trilhas mais famosas de Arraial do Cabo

Arraial do Cabo é conhecida por suas belezas naturais e pelo esforço na manutenção e preservação das mesmas. Tendo como objetivo conscientizar através de uma atividade econômica atrativa, que minimize os impactos degradantes e garanta o bem-estar da fauna, flora e população local, os moradores de Arraial do Cabo e os governos locais se engajam na promoção do ecoturismo. Hoje a cidade atrai turistas e novos moradores que buscam uma maior conexão com a natureza. Se você se identifica com esse perfil, talvez se interesse em pesquisar por casas em Arraial do Cabo.

As manifestações mais comuns do ecoturismo se dão através de museus arqueológicos e naturais, e da exploração in loco de habitats conservados. Arraial do Cabo se destaca no ecoturismo nacional por conta das trilhas que oferece, além da beleza marinha que pode ser explorada pelas oportunidades de mergulho nas diversas praias da cidade. No post de hoje, destacamos 4 trilhas famosas na região, seus níveis de dificuldade e o que você precisa saber antes de sair se aventurando. Vem conferir:

Trilha Prainha X Praia do Forno

Wikimedia Commons

A mais famosa trilha da cidade começa na Prainha e dura em torno de 2 horas. Seu caminho percorre o Morro da Cabocla e para na Pedra do Urubu, onde é possível ter uma bela visão da Praia do Forno, da Ilha do Farol e da enseada da Praia dos Anjos, como na foto acima. Depois, os aventureiros descem em direção a Praia do Forno, onde podem descansar e tomar um banho de mar. Lá também tem estrutura de restaurantes e quiosques. O caminho de retorno passa por uma nova trilha para sair da praia, ou pode ser feito de táxi barco, com custo aproximado de 15 reais por pessoa. No geral, a trilha é considerada de fácil acesso com esforço moderado, totalizando cerca de 4 km entre a subida e descida.

Trilha do Farol Velho

Felipe Passaline

A trilha do Farol Velho fica na Ilha do Farol, há alguns minutos de barco do centro da cidade. Começa na Enseada de Maramutá, na face interna da Ilha do Farol, e conta com uma subida de aproximadamente 1 hora e meia, que passa pela antiga cisterna, pela casa do faroleiro e termina no Farol Velho, construído em 1833. Esse é considerado o ponto mais alto da região dos Lagos, com 390 metros de altitude. Em dias sem nuvens, é possível visualizar de lá, além do costão e do mar aberto, as praias de Arraial, o litoral de Cabo Frio, Búzios e todo o contorno da Lagoa de Araruama.

É importante salientar que esta trilha só pode ser realizada se guiada pela Marinha. Os passeios acontecem em sábados alternados, sendo uma semana realizado a trilha do Farol Velho e na outra semana a trilha do Farol Novo, e sai de barco de Arraial do Cabo às 8h00. O ideal é reservar com antecedência, pois o número de participantes por passeio é limitado. Também é cobrada uma taxa referente ao barco que guia na ida e volta da ilha. Não há estrutura de restaurantes, quiosques ou comércio na Ilha do Farol por se tratar de uma área de preservação permanente, por isso, é importante levar alimentação adequada, bastante água, e sacolas de lixo para guardar na mochila qualquer tipo de sujeira.

Veja também: Descubra onde praticar esportes radicais no Brasil

Trilha da Lagoa do Amor

Lagos Trilhas

A Trilha até a Lagoa do Amor ainda não é muito conhecida, mas tem chamado atenção de diversas pessoas por conta das fotos magníficas que dali saem. Apesar de ser chamada de Lagoa do Amor, trata-se de uma piscina natural cravada em uma gruta escondida entre os costões rochosos de Arraial do Cabo. A beleza da gruta é tanta que casais estão indo até a Lagoa do Amor para fazer ensaios fotográficos de casamento!

O que as fotos não revelam, porém, é a dificuldade para chegar até lá. O acesso é bastante perigoso e só pode ser feito na maré baixa. A trilha é estreita, na beira de um costão rochoso, e o “lago” tem muitos ouriços. Recomenda-se que seja feita acompanhada de guias locais, que conhecem as particularidades e desafios da mesma. É importante destacar que a gruta só pega sol de dezembro a fevereiro, sendo coberta por uma sombra nos outros meses do ano.

Trilha Rota dos Naufrágios

Arraial Tur

A Trilha Rota dos Naufrágios é feita ao longo do Pontal do Atalaia. É rica não apenas em belezas naturais, mas em história e cultura. Se você faz o roteiro com guias locais, sua trilha será repleta de histórias sobre piratas e guerras antigas, que moldaram a formação do Brasil e da cidade. Do alto da trilha, é possível observar tanto o mar aberto, quanto a baía, onde se encontram baleias, tartarugas e diversos animais marinhos, além de belíssimas aves que sobrevoam a região. Ao final, o destino é a Prainha do Atalaia, onde é possível curtir o mar e dar um mergulho.

A atividade é recomendada para um dia inteiro. O nível de dificuldade da trilha é médio, com subidas e descidas íngremes, exigindo esforço moderado e dura cerca de 6 horas. O retorno, se feito com agências de turismo locais e guias, é realizado de carro.

Posts created 24

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top